Autoestima – 5 sugestões para cuidar de si e aumentar o seu bemestar

“De todos os amores que tive, o melhor de todos é o meu.”
Aumentar a sua autoestima é um objetivo?

A autoestima é a forma como reconhecemos o nosso valor – “olhar que temos sobre nós”. Está autoavaliação é baseada nas crenças e nas nossas experiências, que por vezes podem parecer muito difíceis de alterar.

Uma autoestima positiva, permite:

  • valorizar-se como pessoa
  • seja capaz de tomar decisões e de se afirmar
  • reconheça os seus pontos fortes e pontos a melhorar
  • capacidade de experimentar coisas novas ou consideradas difíceis
  • mostre bondade consigo mesmo
  • supere os erros sem se culpar injustamente
  • cuide de si com amor e dedicação
  • acreditar que é bom o suficiente
  • acreditar que merece ser feliz e amada/o

Desenvolver uma autoestima positiva faz com que acredite nas suas competências – promove a confiança e segurança em si.

Autoestima

O que quer que tenha afetado a sua autoestima é importante lembrar que tem o direito de se sentir bem consigo. Pode parecer que a mudança é difícil ou até impossível, mas há muitas coisas que pode tentar alterar e perceber que pode melhorar gradualmente ao longo do caminho. 

Como aumentar a autoestima?

 

Pratique a gratidão. Ao invés de estar sempre a contestar. Aprecie os momentos bons do seu dia e seja grato/a por isso. Aprecie a gargalhada com o/a amigo/a na hora do almoço; o céu azul pela manhã; a sua música preferida. Isso irá aumentar a sua energia, irá sentir-se mais confiante.

Pratique o seu melhor. Ao invés de se autocriticar e/ou culpabilizar. Seja bom consigo, desafie a sua autocrítica e irá perceber que não é assim tão mau/má. Aprenda com os seus erros, e investa no seu conhecimento. “Ser é saber”.

Pratique o autoconhecimento. Ao invés de se preocupar com a opinião alheia. Crie objetivos e propósitos com base naquilo que deseja para si. Não perca tempo em comparações. Todos somos diferentes. Todos temos o nosso tempo. Foque nas suas conquistas e perceba o que realmente quer.

Pratique relações positivas. Ao invés de alimentar o desgaste e a toxicidade. Escolha passar mais tempo com pessoas que transmitam positividade. Evite relacionamentos tóxicos e negativos. Não receie, avalie as suas amizades (vale a pena o rastreio). Não necessita de alimentar relacionamentos que não são favoráveis para si.

Pratique a assertividade. Estabeleça limites nas suas relações - "agradar os outros" sem fronteiras pode afetar o seu bem-estar.

Ter uma autoestima positiva e saudável é importante para o seu bem-estar. Este é o momento – tome medidas, trate-se com a mesma gentileza e carinho que trataria um amigo próximo e trabalhe para agir com confiança, mesmo que não se sinta confiante a 100%. 

Considere conversar com um profissional de saúde mental caso sinta que necessita de adquirir ferramentas para cuidar da sua autoestima. Um terapeuta pode ajudar na abordagem de alguns dos padrões de pensamento que possam estar a contribuir para a baixa autoestima, para que possa desenvolver novos mecanismos/ferramentas para construir uma autoestima positiva. 


 

Lembrete

 Cultivar uma autoestima positiva

será a sua melhor aliada para enfrentar as adversidades da vida.

 

Cuide de si com amor

Catarina Meireles

Deixar um comentário:

O seu email não será publicado.

Site Footer